Em relação ao emprego das estruturas linguísticas do texto, assinale a opção correta.

            Constata-se que, desde a metade do século passado, apesar das diferentes políticas adotadas pelos governos da América Latina - com mais ou menos intervenção do Estado na economia, com mais ou menos liberdade para a ação empreendedora, com menor ou maior grau de abertura política -, a desigualdade tem sido alta, persistente e se reproduz num contexto de baixa mobilidade social. Os altos níveis de desigualdade têm sido relativamente imunes às diferentes estratégias de desenvolvimento implementadas na região desde a década de 1950. Se tudo o que se fez até agora foi, em grande medida, ineficiente e ineficaz, ainda há o que possa ser feito para alcançar resultados melhores? Ao apontar os fatores que emperram as políticas públicas destinadas a combater as desigualdades, o relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) indica meios para reduzir o problema. Entre os fatores estão a baixa qualidade da representação política, a debilidade das instituições, o acesso desigual aos que têm o poder de elaborar e defi nir políticas específicas, a corrupção e a captura do Estado por partidos ou grupos políticos. Em resumo, é preciso colocar em marcha reformas que melhorem o sistema de representação política e deem ao Estado melhores condições de responder às demandas sociais e reorientar as políticas sociais.

            Não é pouco o que precisa ser feito. Mas pode ser feito.

(O Estado de S. Paulo, 26/7/2010, com adaptações).