Com referência aos tratados, sabe-se que a assinatura, firma que põe termo a uma negociação, tem por papel a autenticação e a fixação do texto que lastreia o compromisso assumido pelas partes, bem como a exteriorização - em definitivo - do consentimento das pessoas jurídicas de direito das gentes representadas por seus signatários.

Com isso,