Chamado para a reunião da Diretoria, o contador da Nossa Firma explicou que, apesar do capital registrado no valor de R$15.000,00 e dos recursos aplicados no valor de R$72.000,00, a empresa apresenta um endividamento brutal, a ponto de levar o coeficiente de solvência para 0,8, conforme será publicado no balanço atual, e que, mesmo com um lucro operacional bruto de R$1.000,00, o prejuízo líquido havia chegado a R$2.200,00 no exercício findo.

Indagado sobre a situação líquida patrimonial, o Contador afirmou que, com esse quociente de solvência, a empresa ostentava, sem nenhum orgulho, um Passivo a Descoberto de R$18.000,00, significando que no Balanço Patrimonial a conta Prejuízos Acumulados estará com saldo devedor de