A especialização inerente à separação entre os poderes é, meramente relativa. Consiste em uma predominância no desempenho desta ou daquela função. Cada poder, em caráter secundário, colabora no desempenho de outras funções, pratica atos teoricamente fora de sua esfera.

Manoel Gonçalves Ferreira Filho. Curso de direito constitucional. São Paulo: Saraiva, 2003, p. 134-5 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial, assinale a opção correta acerca das funções atípicas dos poderes do Estado.