Conquista de direitos
No que se refere à trajetória histórica dos direitos humanos e dos cidadãos, julgue o item a seguir.
 
A Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, proclamada no contexto da Revolução Francesa em 1789, foi um marco importante para o desenvolvimento da ideia do Estado como protetor de direitos individuais.
O populismo, no Brasil, na Argentina ou no Peru, implicava uma relação ambígua entre os cidadãos e o governo. A antecipação dos direitos sociais fazia que os direitos não fossem vistos como tais, como independentes da ação do governo, mas como um favor em troca do qual se deviam gratidão e lealdade. A cidadania que daí resultava era passiva e receptora antes que ativa e reivindicadora.

José Murilo de Carvalho. Cidadania no Brasil. O longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001, p. 126 (com adaptações).

A partir das ideias do texto acima, julgue o item, relativo a ditaduras e cidadania na América Latina.
 
Diferentemente do que aconteceu no Brasil e em outros países latino-americanos, em grande parte da Europa ocidental, a expansão dos direitos sociais ocorreu após a consolidação de um grande número de direitos civis e políticos.
A categoria de direito, seus exemplos e o respectivo período histórico/século estão em correta correspondência em:
 
Categoria de Direitos Exemplos de Direitos Período Histórico/Século
 
Após a Segunda Guerra Mundial, os países do sistema capitalista no Ocidente, como os Estados Unidos e algumas nações da Europa, visando seu desenvolvimento, adotaram medidas de promoção dos direitos sociais. Essa forma de gestão e de organização do Estado foi chamada de