Conceitos, Uso e Concordância (Pronomes de Tratamento)

Considerando o documento acima, julgue os itens que se seguem, referentes à redação de correspondências oficiais.

O termo "vossa", no segundo período do tópico 1, está indevidamente empregado no documento, visto que a concordância com os pronomes de tratamento deve ser feita na terceira pessoa.
O presidente do TCU, ministro Walton Alencar Rodrigues, encaminhou ao Congresso Nacional o Relatório de Atividades referente a 2007. O documento apresenta os principais resultados da atuação do TCU, tanto na área administrativa quanto na área do controle das entidades públicas. Em 2007, os benefícios diretos ao Tesouro Nacional e aos cidadãos, decorrentes da atuação do tribunal, superaram R$ 5,5 bilhões. "Isso significa que, para cada real gasto com o custeio do TCU, a União economizou cinco e meio", disse ele. Walton Alencar Rodrigues destacou, também, a atuação prévia do TCU, por meio da adoção de medidas cautelares, com o objetivo de evitar grave lesão ao erário, ou a direito alheio, que envolveu a cifra de R$ 7,9 bilhões. "Só isso demonstra os méritos dessa visão pró-ativa adotada pelo TCU em relação à despesa pública, no sentido de evitar a concretização dos danos", explicou o presidente.

Informativo TCU, mar.-abr./2008, ano 10, n.º 390.
Internet: <portal2.tcu.gov.br> (com adaptações).

Julgue os itens que se seguem, acerca de elementos do texto acima e da forma de correspondência oficial que ele enseja.

O pronome de tratamento empregado no segmento Encaminho a Vossa Excelência o Relatório de Atividades referente a 2007 atenderia às normas de redação oficial para um expediente dirigido ao presidente do Senado Federal.
A questão refere-se ao Manual de Redação da Presidência da República e ao Manual de Elaboração de Textos do Senado Federal.
 
Em relação ao que ensina o Manual de Redação da Presidência da República acerca do uso dos pronomes de tratamento, analise as afirmativas a seguir:
I. Vossa Excelência Reverendíssima é usado em comunicações dirigidas a arcebispos e bispos.

II. Vossa Reverendíssima é usado para monsenhores, cônegos e superiores religiosos.

III. Vossa Senhoria Reverendíssima é empregado para sacerdotes, clérigos e demais religiosos.
Assinale:
Paulo, agente administrativo lotado na Diretoria de Combate ao Crime Organizado (DCOR) do Departamento de Polícia Federal (DPF), foi incumbido, por seu superior, de redigir um ofício a ser enviado pela DCOR ao Procurador-Geral da República.

Em face da situação hipotética acima, julgue o item que se segue.

Ao redigir o ofício, Paulo deve empregar o pronome de tratamento Vossa Excelência para dirigir-se ao destinatário.

A sub-chefia de assuntos jurídicos desse ministério submeteu ao magnífico  procurador-geral da república, Dr. Aristóteles Sócrates Platão, consulta sobre sua  opinião pessoal a respeito de matéria controversa que versa sobre os limites entre os  direitos dos cidadões e a esfera do poder público, no sentido de tornar clara, explícita  e incontroversa a questão levantada pela prestigiosa comissão que investiga o  recebimento de um excelente automóvel zero quilômetro da marca Mercedez Benz  pelo senhor chefe dos serviços gerais do nosso ministério para que seje investigado a  fundo se o episódio pode ser considerado inflação do código de ética recentemente  promulgado pelo poder executivo.

De acordo com o Manual de Redação da Presidência da República, a redação oficial deve caracterizar-se por impessoalidade, uso de padrão culto da linguagem, clareza, concisão, formalidade e uniformidade. Em face dessa caracterização e do fragmento de texto oficial acima, julgue o item que se segue.

As formas de tratamento empregadas no texto revelam um caráter de respeitosa formalidade e estão de acordo com as recomendações para textos oficiais.