Conceitos de Unidades de Conservação (arts. 1º e 2º da Lei nº 9.985/00)
Acerca das unidades de conservação, julgue o item a seguir.

As unidades de conservação são espaços territoriais de propriedade pública destinados ao estudo e à preservação de ecossistemas.
Acerca da gestão das unidades de conservação, julgue o próximo item.

Segundo determinação legal, no caso de uma unidade de conservação do grupo de proteção integral, devem ser aplicados, na implementação, manutenção e gestão dessa unidade, no mínimo 40% dos recursos obtidos com a cobrança de taxas de visitação e outras rendas decorrentes de arrecadação, serviços e atividades próprias da unidade.
Acerca da gestão das unidades de conservação, julgue o próximo item.

O êxito alcançado por algumas unidades de conservação a partir da aprovação e da execução dos planos de manejo por meio da gestão participativa culminam em benefícios adquiridos pelas comunidades, principalmente com o uso sustentável dos recursos naturais. Alguns projetos bem sucedidos em unidades de conservação podem ser apontados, tais como a Reserva Extrativista Chico Mendes, no Acre, administrada por associações de seringueiros, e a Floresta Nacional do Araripe, no Ceará, cuja gestão segue o modelo participativo.
O Sistema Nacional de Unidades de Conservação classifica como unidade de proteção integral
É importante questionar o quanto a complexidade dos estudos efetuados pode nos levar a considerar a reestruturação das novas proposições. Do mesmo modo, a valorização de fatores subjetivos causa impacto indireto na reavaliação dos níveis de motivação departamental.