Conceitos de Ciências Políticas
Há diversas maneiras de se compreenderem as relações entre Estado, sociedade e política no que se refere a formulação, decisão e implementação de políticas públicas. Políticas públicas permitem ao governo e à sociedade promoverem o bem-estar e o desenvolvimento. O pluralismo, a teoria das elites e a análise de classes são três dos modelos de melhor entendimento dessas relações. Acerca desse assunto, julgue os itens que se seguem.

O desenho burocrático institucional do Estado brasileiro espelha uma clara capacidade das elites políticas de governar, sendo, portanto, a fragmentação das instâncias de decisão governamental uma mostra do poder político dessas mesmas elites, ao refletir verdadeiros interesses corporativos e clientelistas incrustados nas esferas de poder político há muitas décadas.
Um tema central à Ciência Política contemporânea é a democracia e seus procedimentos. Um conceito central a essa discussão é o de poliarquia. Qual dos itens listados a seguir não se inclui entre as garantias institucionais das poliarquias?
O debate contemporâneo mostra que o funcionamento dos regimes democráticos depende de uma complexa engenharia política que deve levar em consideração as características da sociedade. O Modelo de Democracia Majoritário, viável nas sociedades em que existe um amplo consenso acerca das finalidades do governo, não inclui a seguinte característica:
As sociedades fortemente pluralistas desenvolveram uma engenharia política própria, evitando que a lógica do Modelo Majoritário levasse à ditadura da maioria e à confrontação civil, em vez da democracia. Essa estrutura institucional, voltada para a incorporação das diversas clivagens sociais, tornou-se conhecida como Modelo de Democracia Consensual ou Consociativa, não inclui entre suas características:
A representação política é um mecanismo essencial ao funcionamento da democracia nas sociedades complexas. Examine os enunciados abaixo sobre a representação política e marque a resposta correta.

1- A representação política é um sistema institucionalizado de controle e responsabilidade política, realizada mediante a designação eleitoral livre de certas instituições políticas fundamentais da democracia moderna, em geral, os parlamentos.

2- A representação política pode se configurar como uma relação de delegação, quando o representante é o executor privado do desejo dos representados, tendo, portanto, um mandato independente.

3- A representação política pode se apresentar como uma relação fiduciária, quando o representante tem autonomia para buscar o melhor interesse dos representados, tendo, portanto, um mandato imperativo.

4- A representação política pode ser entendida como uma relação na qual os representantes são símbolos do corpo político, retratando-o fielmente em todas as suas características essenciais, sendo, portanto, uma representação simbólica.