Conceito e teorias justificadoras da posse
Nos termos do Código Civil, possuidor é todo aquele que exerce de fato alguns poderes inerentes à propriedade. A esse respeito, assinale a alternativa correta.

Com relação a posse, assinale a opção correta.
Percebemos, cada vez mais, que o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção do fluxo de informações. Gostaria de enfatizar que a adoção de políticas descentralizadoras prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos níveis de motivação departamental. É importante questionar o quanto o desafiador cenário globalizado agrega valor ao estabelecimento de alternativas às soluções ortodoxas.
Acerca dos institutos da posse, da propriedade e dos direitos reais, assinale a opção correta.
Em relação à posse, considere os enunciados seguintes:

I.  O atual Código Civil adotou o conceito de posse de lhering, segundo o qual a posse e a detenção distinguem-se em razão da proteção jurídica conferida à primeira e expressamente excluída para a segunda.

II.  Mesmo nos bens do patrimônio disponível do Estado (dominicais), despojados de destinação pública, não se permite a proteção possessória aos ocupantes particulares que venham a lhe dar função social, porque perdem a destinação mas não a natureza de terras públicas.

III.  O critério para aferir se há posse ou detenção em um caso concreto é o estrutural e não o funcional, ou seja, é a afetação do bem a uma finalidade pública que dirá se pode ou não ser objeto de atos possessórios por um particular.

IV.  É possível o manejo de interditos possessórios em litígio entre particulares sobre bem público dominical, pois entre ambos a disputa será relativa à posse.

V.  À luz do texto constitucional e da inteligência do novo Código Civil, a função social é base normativa para a solução dos conflitos atinentes à posse, dando-se efetividade ao bem comum, com escopo nos princípios da igualdade e da dignidade humana.

Está correto o que se afirma APENAS em