Computação Forense
O perito criminal faz justiça pela ciência, sendo o método científico seu instrumento de trabalho. Considerando que um dos aspectos do método científico é que o experimento seja replicável, ou seja, capaz de ser reproduzido, o que recomenda o Procedimento Operacional Padrão da Secretaria Nacional de Segurança Pública para realização de exame pericial em mídia de armazenamento computacional?
A Seção de Computação Forense da Polícia Científica do Paraná desenvolveu a ferramenta forense MobileMerger com a função de consolidar os diversos relatórios gerados por ferramentas de extração e processamento de vestígios cibernéticos de aparelhos celulares. Em alguns casos, esses relatórios consolidados podem conter cerca de 40 mil páginas e diversos arquivos de áudio, vídeo e fotografias de interesse da justiça. Segundo o Procedimento Operacional Padrão da Secretaria Nacional de Segurança Pública, qual parte da estrutura básica do laudo possibilita que um grande volume de dados seja encaminhado junto ao laudo para facilitar a visualização das informações e a busca por palavras-chave?
As Ciências Forenses iluminam os caminhos daqueles que buscam a verdade e a justiça pela ciência, sendo a Computação Forense uma das luzes mais brilhantes. Para tentar ocultar vestígios dos olhos atentos do perito criminal, os criminosos usam qual técnica?
Criminosos geralmente apagam os vestígios cibernéticos para não deixar provas da autoria e materialidade de um crime. Porém, o perito criminal, quando se depara com a análise de um sistema operacional Windows 95, 98 ou ME, sabe que um arquivo, geralmente localizado no diretório Recycled, guarda registros importantes sobre arquivos enviados para a lixeira. Qual o nome desse arquivo?
Com a popularização dos equipamentos computacionais portáteis e de telefonia móvel, o exame de aparelhos celulares se tornou um dos mais requisitados à perícia criminal. Muitas vezes, o perito criminal tem que extrair dados de dispositivos danificados intencionalmente pelo criminoso. Quando o aparelho está com a tela e o conector USB danificados e sem a possibilidade de reparo, qual técnica o perito criminal pode utilizar para extrair os dados?