Filtrar por:

Os seus filtros aparecerão aqui.

Foi encontrada 19 questões

Amor é fogo que arde sem se ver;
é ferida que dói e não se sente;
é um contentamento descontente;
é dor que desatina sem doer;
É um não querer mais que bem querer;
é solitário andar por entre a gente;
é nunca contentar-se de contente;
é cuidar que se ganha em se perder;
É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata lealdade.
Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?
 
Luís de Camões
 
O poema tem, como característica, a figura de linguagem denominada antítese, relação de oposição de palavras ou idéias. Assinale a opção em que essa oposição se faz claramente presente.
XLI
 
Ouvia:
Que não podia odiar E nem temer Porque tu eras eu. E como seria
Odiar a mim mesma
 
E a mim mesma temer.
HILST, H. Cantares. São Paulo: Globo, 2004 (fragmento).
 
 
Transforma-se o amador na cousa amada
 
Transforma-se o amador na cousa amada, por virtude do muito imaginar;
não tenho, logo, mais que desejar, pois em mim tenho a parte desejada.
 
Camões. Sonetos. Disponível em: http://www.jornaldepoesia.jor.br. Acesso em: 03 set. 2010 (fragmento).
 
Nesses fragmentos de poemas de Hilda Hilst e de Camões, a temática comum é
Texto I
XLI
Ouvia:
Que não podia odiar
E nem temer
Porque tu eras eu.
E como seria
Odiar a mim mesma
E a mim mesma temer.
 
HILST, H. Cantares. São Paulo: Globo, 2004 (fragmento).
 
Texto II
Transforma-se o amador na cousa amada
Transforma-se o amador na cousa amada,
por virtude do muito imaginar;
não tenho, logo, mais que desejar,
pois em mim tenho a parte desejada.
 
Camões. Sonetos. Disponível em: http://www.jornaldepoesia.jor.br. Acesso em: 03 set. 2010 (fragmento).
 
Nesses fragmentos de poemas de Hilda Hilst e de Camões, a temática comum é

Em relação ao Classicismo, que se desenvolveu durante o século XVI, marque a alternativa correta.

Leia as estrofes a seguir e responda o que se pede.


Quando Ismália enlouqueceu
Pôs-se na torre a sonhar…
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.
(...)
As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par…
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar…


Quanto às estrofes apresentadas é correto afirmar que