Classificação dos Solos

O conhecimento das propriedades e dos comportamentos dos solos é de fundamental importância para a estabilidade e o desempenho de diversas obras civis.

Com relação a esse assunto, julgue o item a seguir.

Um solo classificado como CH pela classificação unificada de solos é especialmente indicado para utilização como material drenante em obras geotécnicas.
A classificação HRB (Highway Research Board) possui como premissa estabelecer uma hierarquização para os solos do subleito a partir da realização de ensaios simples, realizados de forma corriqueira: a análise granulométrica por peneiramento e a determinação dos limites de liquidez e de plasticidade. Nesta classificação, os solos são divididos, de forma geral, em dois grandes grupos: os materiais granulares e os materiais silto-argilosos. A fração passante na peneira nº 200 que separa estas duas frações é igual a

Um dos objetivos dos sistemas de classificação dos solos é estimar seu comportamento nas obras de engenharia a partir de informações de fácil obtenção. Apesar da infinita diversidade dos solos, cada sistema os divide em um determinado número de categorias com características semelhantes. As informações sobre os solos que podem ser utilizadas no Sistema Unificado de Classificação dos Solos (SUCS) são:

As curvas granulométricas de duas amostras de solo A e B apresentam os seguintes parâmetros:

Curva A: Diâmetro efetivo ( Öef) = 0,02mm
Diâmetro correspondente a 60% (Ö60)=0,05mm

Curva B: Diâmetro efetivo ( Öef) = 0,02mm
Diâmetro correspondente a 60% (Ö60)=0,42mm

Segundo Allen-Hazen, com tais parâmetros, podese calcular o coeficiente de uniformidade Cu dessas amostras e classificá-las como solos, respectivamente: