Filtrar por:

Os seus filtros aparecerão aqui.

Foi encontrada 42 questões

Analise as afirmativas a seguir e assinale V para a verdadeira e F a falsa.

(  ) O índice de Moran é indicado para a análise espacial de dados pontuais.

(  ) O operador de densidade Kernel pode ser aplicado para dados quantitativos e qualitativos.

(  ) A geração de corredores ou buffers pode obter atributos de distância variados, contanto que estejam previamente armazenados em tabela.

As afirmativas são, respectivamente,
O eixo de rotação da Terra e o seu plano equatorial não estão fixos no espaço.
 
O movimento desse conjunto ao longo do tempo pode ser decomposto em duas partes: uma principal e outra secundária.
 
A componente principal é denominada
O armazenamento de dados de altimetria para gerar mapas topográficos e a análise de variáveis geofísicas e geoquímicas são exemplos típicos de aplicações que utilizam o tipo de dado em geoprocessamento denominado
Os mapas abaixo representam os casos de AIDS notificados no estado do Paraná no ano de 2005. Eles foram elaborados a partir da técnica de pontos de contagem, uma importante ferramenta para observar diferenças de densidade nas distribuições espaciais dos fenômenos. Os mapas empregaram símbolos de igual forma, tamanho e valor. No caso, cada ponto corresponde a um caso de AIDS notificado. Em todos os mapas os pontos foram distribuídos aleatoriamente.
 
 
A diferença nos padrões de distribuição dos pontos entre os mapas acima decorre do uso de diferentes:
Muitos dos fenômenos estudados pela Geografia manifestam-se de forma contínua no espaço, porém as informações de que dispomos para caracterizá-los são obtidas de forma descontínua. Uma das técnicas tradicionalmente utilizadas para mapeá-los envolve a construção de superfícies estatísticas, também denominadas modelos numéricos de terreno (MNT).
 
O mapeamento se inicia com a aquisição de amostras representativas do fenômeno de interesse, em diferentes pontos de coleta. Os dados obtidos na amostragem bem como a posição espacial dos pontos de coleta são armazenados. Na etapa seguinte, por meio de procedimentos de interpolação, constrói-se uma superfície estatística tridimensional suavizada, na qual os dados são representados pelas coordenadas planas x e y, e pela coordenada z, que corresponde aos valores do parâmetro estudado. O passo seguinte envolve a transformação da superfície tridimensional para um suporte bidimensional. Essa transformação é feita pela interceptação da superfície estatística por uma série de planos paralelos ao seu plano de origem. As interseções desses planos com a superfície definem linhas que são, em seguida, projetadas ortogonalmente sobre o plano de origem. Cria-se assim um mapa no qual diferentes valores de z são associados às feições lineares.
 
Adaptado de: FERNANDES, M e MENEZES, P. Roteiro de cartografia. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.
 
O tipo de mapeamento descrito acima, que representa uma superfície estatística tridimensional por convenção linear, é denominado: