Filtrar por:

Os seus filtros aparecerão aqui.

Foi encontrada 41 questões

A Carta de Veneza, de maio de 1964, estabelece que a restauração dos monumentos é uma operação que deve ter caráter excepcional.

Um dos aspectos abordados nessa Carta sugere que a restauração deve:
A Carta de Petrópolis, originada no 1º Seminário Brasileiro para preservação e revitalização de centros históricos de 1987, estabelece que o sítio histórico urbano - SHU é parte integrante de um contexto amplo que comporta as paisagens natural e construída, assim como a vivência de seus habitantes.

Um dos itens apresentado na Carta determina que a preservação do SHU deve:
As Cartas Patrimoniais constituem documentos que, em ordem cronológica, permitem uma leitura da evolução do pensamento preservacionista através dos tempos. A Carta em que, primeiramente, se recomendou “respeitar, na construção de edifícios, o caráter e a fisionomia das cidades, sobretudo na vizinhança dos monumentos antigos” foi denominada de
Texto basilar da preservação dos monumentos históricos, a Carta de Veneza (1964) proclama que
O texto abaixo, extraído da Carta de Burra, define conservação, preservação e restauração de bens culturais.

Art. 4º A conservação deve valer-se do conjunto de disciplinas capazes de contribuir para o estudo e a salvaguarda de um bem. As técnicas empregadas devem, em principio, ser de caráter tradicional, mas pode-se, em determinadas circunstâncias, utilizar técnicas modernas, desde que se assentem em bases científicas e que sua eficácia seja garantida por uma certa experiência acumulada.

...

Art. 11. A preservação se impõe nos casos em que a própria substância do bem, no estado em que se encontra, oferece testemunho de uma significação especifica, assim como nos casos de insuficiência de dados que permitam realizar a conservação sob outra forma.

Art. 12. A preservação se limita à proteção, à manutenção e à eventual estabilização da substância existente. Não poderão ser admitidas técnicas de estabilização que destruam a significação cultural do bem.

Art. 13. A restauração só pode ser efetivada se existirem dados suficientes que testemunhem um estado anterior da substância do bem e se o restabelecimento desse estado conduzir a uma valorização da significação cultural do referido bem. Nenhuma empreitada de restauração deve ser empreendida sem a certeza de existirem recursos necessários para isso.

CURY, Isabelle. Cartas Patrimoniais. IPHAN. p. 251.

Tomando como referência tais definições, assinale a conduta correta quanto à intervenção em edificações existentes no Porto de Belém datadas do início do século XX, tais como os armazéns que compõem a Área de Revitalização Portuária cedidas para funcionamento de instalações de lazer.