Filtrar por:

Os seus filtros aparecerão aqui.

Foi encontrada 10 questões

Sobre o conceito de classes sociais desempenhado a partir do século XX, temos como característica CORRETA em uma sociedade contratual livre:
Analisando o trecho abaixo, assinale a opção verdadeira sobre o contexto nela inserido:
 
“O conflito era evidente e as camadas subalternas passaram a ser alvo do mesmo preconceito com que eram encarados os povos "selvagens" vindos de terras do além-mar pela colonização” (Cristina Costa 1997).
Considere as proposições abaixo referentes às mudanças que afetaram a natureza dos conflitos de classes nas sociedades industriais contemporâneas:

I. Associação entre a propriedade e o controle dos meios de produção.

II. Esfera da produção controlada pelos gerentes.

III. Diferenciação de papéis entre acionistas e executivos.

IV. Institucionalização dos conflitos sociais.

Está correto o que se afirma APENAS em
A preocupação com a classe social na teoria e na análise dos movimentos sociais parece suscitar antigas questões que foram ultrapassadas pela evolução da sociedade moderna.
 
A classe não cumpre mais um papel nos discursos diagnósticos sobre as sociedades modernas avançadas. Tornou-se até elegante fazer diagnósticos críticos das sociedades modernas além e contra o discurso quanto à classe. A queda dos regimes comunistas e a ascensão do nacionalismo deram um ímpeto adicional a argumentos em favor da obsolescência da análise de classe para as sociedades modernas.
 
Seguimos uma estratégia que é completamente oposta. Estamos interessados em saber em que medida os novos movimentos sociais são indicadores de novas e profundas divisões ou antagonismos sociais na sociedade moderna. Os novos movimentos sociais foram louvados por introduzirem novas questões, serem portadores de um novo paradigma de existência social e apontarem para novas divisões nas sociedades modernas além das religiosas e étnicas tradicionais. As novas divisões introduzidas por esses grupos são então percebidas como substitutas da antiga divisão baseada na classe, a divisão entre capital e trabalho. Esse argumento normalmente implica que, com a institucionalização do conflito de classe, a noção de classe não mais se aplica.
 
Eder Klaus. A Classe social tem importância no estudo dos movimentos
sociais? Uma teoria do radicalismo da classe média. In: Revista Brasileira
de Ciências Sociais, v. 16, n.º 46, jun./2001, p. 5 (com adaptações).
 
Considerando o texto acima e o tema dos movimentos sociais, julgue o item subseqüente.
 
A antiga divisão da sociedade baseada em classe social, com a institucionalização do conflito de classe, está sendo substituída por novas divisões nas sociedades modernas.
A realidade das classes sociais no século XX se torna bem mais complexa do que aquela com a qual Marx se deparou no século XIX. O Centro de Referência Virtual da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais traça orientações para o ensino do tema desigualdade social e as classes sociais – a pluralidade de classes no século XX e XXI.
 
Com base nas orientações, assinale a alternativa correta.