Filtrar por:

Os seus filtros aparecerão aqui.

Foi encontrada 82 questões

Enzima s geralmente são proteínas com propriedades catalíticas. Algumas enzimas podem ser utilizadas como marcadores plasmáticos para uma série de condições patológicas, visto que danos teciduais ocasionam a liberação de tais macromoléculas do interior das células para a circulação sistêmica.

 

Analise o que se afirma a respeito das enzimas de interesse clínico e sua avaliação laboratorial.

 

I. A amilase é encontrada fisiologicamente na urina.

 

II. A creatinoquinase (CK) na forma macromolecular (macro-CK) do tipo 2 é um complexo de CK, tipicamente da isoenzima CK-BB e uma imunoglobulina.

 

III. A obstrução da árvore biliar induz a síntese de fosfatase alcalina (ALP) por hepatócitos, ocasionando aumento da atividade dessa enzima no soro.

 

Está correto apenas o que se afirma em

Observe a figura.
 
 
A figura refere-se a uma eletroforese sérica em gel de agarose clássica de um paciente portador de uma determinada patologia.
 
Respectivamente, qual é a fração proteica contemplada no pico X e a patologia citada?
Assinale a alternativa correta sobre o metabolismo das enzimas.
A determinação da atividade enzimática no soro pode fornecer informações precisas para o diagnóstico em relação ao local e à extensão da lesão. Sobre a utilização de enzimas como auxílio no diagnóstico de doenças, relacione as colunas e e assinale a alternativa correta.

1. Amilase.
2. 5’ Nucleotidase.
3. Fosfatase alcalina.
4. Fosfatase ácida.
5. Gama glutamil transpeptidase.

A. Tem concentrações aumentadas em doenças hepatobiliares e malignidades.

B. Presente em elevada concentração no fígado, ossos, placenta e intestino. Seu aumento, quando associado a outros sintomas, pode ser indicativo de tumores ósseos.

C. Tem concentrações aumentadas após ingestão excessiva de álcool, podendo manter-se elevada de 3 a 4 semanas após a suspensão da ingestão.

D. Tem suas concentrações aumentadas em casos de pancreatite e doenças ao nível das glândulas salivares.

E. Presente em elevada concentração na glândula prostática, plaquetas, ossos, fígado e baço. Sua concentração aumenta em 20% dos pacientes com tumores prostáticos.

As proteínas plasmáticas podem ser classificadas em dois grupos: aquelas que são sintetizadas pelo fígado e as que são produzidas pelos plasmócitos da medula óssea. Sobre essas proteínas, assinale a alternativa correta.