Bens e serviços
Em se tratando de capital política do país e forte pólo de atração de migrantes, Brasília, em seu espaço social, apresenta algumas características que a distinguem de outras metrópoles brasileiras.

Acerca dessas características, julgue o item subseqüente.
 
Todas as regiões administrativas se apresentam como centros de alto dinamismo econômico, sobretudo no comércio e na prestação de serviços.
Em se tratando de capital política do país e forte pólo de atração de migrantes, Brasília, em seu espaço social, apresenta algumas características que a distinguem de outras metrópoles brasileiras.

Acerca dessas características, julgue o item subseqüente.
 
O setor industrial é ainda pouco expressivo como empregador. Salvo a indústria gráfica, a construção civil e um ainda recente setor de informática, não se pode considerar alguma outra atividade industrial como expressiva no emprego de mão-de-obra no DF.
 
O Distrito Federal é uma área típica de setor terciário.
Estudos e pesquisas acerca da estrutura e das tendências de desenvolvimento das sociedades ocidentais altamente industrializadas mostram, de modo cada vez mais freqüente, sua caracterização como sociedade de serviços.
 
A respeito desse tema, julgue o item subseqüente.
 
Essa caracterização se refere ao crescimento absoluto e relativo do setor terciário, que é o setor de serviços.
Estudos e pesquisas acerca da estrutura e das tendências de desenvolvimento das sociedades ocidentais altamente industrializadas mostram, de modo cada vez mais freqüente, sua caracterização como sociedade de serviços.
 
A respeito desse tema, julgue o item subseqüente.
 
O setor de serviços é onde se forma a denominada classe média urbana, pouco expressiva nos processos políticos contemporâneos, apesar de peça-chave na formação de opiniões no seio da sociedade.
(…) é uma propriedade qualquer (de qualquer tipo de capital, físico, econômico, cultural, social), percebida pelos agentes sociais cujas categorias de percepção são tais que eles podem entendê-las (percebê-las) e reconhecê-las, atribuindo-lhes valor.  (…) é a forma que todo tipo de capital assume quando é percebido através das categorias de percepção, produtos da incorporação das divisões ou das oposições inscritas na estrutura da distribuição desse tipo de capital (como forte/frágil, grande/pequeno, rico/pobre, culto/inculto etc.).
 
(BOURDIEU, Pierre. Razões práticas: sobre a teoria da ação. 9.ed. Campinas: Papirus, 1996. p. 107)
 
A definição de Pierre Bourdieu acima corresponde ao conceito de