Auditoria e Gestão da qualidade (Enfermagem)

A auditoria em enfermagem vem recebendo grande atenção, especialmente nos últimos anos, principalmente devido à necessidade de garantia de uma assistência de enfermagem mais científica e fundamentada.

Nesse contexto, julgue o item que se segue.

São finalidades da auditoria em enfermagem a verificação das condições de trabalho da equipe, a crítica e a orientação da tarefa e a punição aos funcionários.

A auditoria em enfermagem vem recebendo grande atenção, especialmente nos últimos anos, principalmente devido à necessidade de garantia de uma assistência de enfermagem mais científica e fundamentada.

Nesse contexto, julgue o item que se segue.

A auditoria retrospectiva é feita após a alta do paciente, utilizando-se o prontuário como fonte de avaliação.

A auditoria em enfermagem vem recebendo grande atenção, especialmente nos últimos anos, principalmente devido à necessidade de garantia de uma assistência de enfermagem mais científica e fundamentada.

Nesse contexto, julgue o item que se segue.

São aspectos que, verificados no próprio prontuário do paciente, fornecem subsídios à auditoria: condições do paciente no ato da internação, sistema de elaboração do plano de cuidados, relatórios ou anotações de enfermagem e condições de alta.

A auditoria em enfermagem vem recebendo grande atenção, especialmente nos últimos anos, principalmente devido à necessidade de garantia de uma assistência de enfermagem mais científica e fundamentada.

Nesse contexto, julgue o item que se segue.

A auditoria operacional dispensa a elaboração de um relatório, visto que ela é realizada enquanto o paciente está hospitalizado ou em atendimento ambulatorial, sendo os dados revertidos em benefício direto a esse paciente.

A auditoria em enfermagem vem recebendo grande atenção, especialmente nos últimos anos, principalmente devido à necessidade de garantia de uma assistência de enfermagem mais científica e fundamentada.

Nesse contexto, julgue o item que se segue.

A auditoria externa é realizada por um elemento não pertencente à instituição e tem como vantagens o fato de o auditor não vivenciar a realidade da instituição e poder apresentar sugestões mais gerais aos problemas detectados.