Auditoria e Fiscalização (TCEs e TCMs)
A propósito do que dispõe a Lei Orgânica do TCDF, julgue o item seguinte.

Por iniciativa própria ou a requerimento do Ministério Público, o TCDF deverá realizar auditorias em órgãos ou entidades sujeitas à sua jurisdição.
Acerca da competência do TCDF, julgue o item abaixo.

Em processo de auditoria em que sejam constatadas irregularidades na prática de ato administrativo por parte de órgão do DF, possui o TCDF competência para determinar que o órgão suste o referido ato. Caso o órgão não o faça, o TCDF possui competência para fazê-lo.
Com referência à parte geral do manual de auditoria do TCDF, julgue o item que se segue.
 
Denomina-se inspeção a modalidade de fiscalização realizada pelos auditores do TCDF que tem por objetivo obter informações saneadoras de falhas verificadas em processos.
Com referência à parte geral do manual de auditoria do TCDF, julgue o item que se segue.

Em auditoria de recursos externos, na condição de auditores independentes, após prévio credenciamento do TCDF junto a organismo internacional, será emitido parecer sobre as informações de crédito ou de cooperação, momento em que o sistema de controle interno também será avaliado.

Com referência à parte geral do manual de auditoria do TCDF, julgue o item que se segue.
 
O processo de monitoramento de entidades públicas divide-se em três etapas; ao final de cada uma delas, as respectivas avaliações, devidamente documentadas, devem ser submetidas ao plenário do TCDF, para conhecimento e adoção de medidas eventuais.