Artes, Cultura e Sociedade na Nova República
O levantamento do potencial energético na região amazônica data no mínimo da década de 80 do século passado, quando as áreas de exploração na região sudeste se esgotaram. Mais especificamente na região do Rio Tapajós, todo um complexo de hidrelétricas está programado para ser construído: o governo federal anunciou que, até o final de 2014, sairá a licença de operação e instalação da usina de São Luiz do Tapajós, próxima à cidade de Itaituba e com potencial energético comparável à Usina de Belo Monte.

Internet: <www.valor.com.br> (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência, julgue o item, acerca de aspectos a ele relacionados.
 
Apesar de os impactos geofísicos, biológicos e ambientais provocados por uma usina hidrelétrica começarem no início do empreendimento, os socioeconômicos e demográficos, nas comunidades indígenas, começam a ser percebidos logo que se iniciam os estudos e as sondagens da viabilidade do empreendimento na região.
O levantamento do potencial energético na região amazônica data no mínimo da década de 80 do século passado, quando as áreas de exploração na região sudeste se esgotaram. Mais especificamente na região do Rio Tapajós, todo um complexo de hidrelétricas está programado para ser construído: o governo federal anunciou que, até o final de 2014, sairá a licença de operação e instalação da usina de São Luiz do Tapajós, próxima à cidade de Itaituba e com potencial energético comparável à Usina de Belo Monte.

Internet: <www.valor.com.br> (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência, julgue o item, acerca de aspectos a ele relacionados.
 
Alvo de críticas de ambientalistas e indigenistas, a usina de São Luiz do Tapajós reduzirá grande parte da biodiversidade da área com a alteração da rota migratória de peixes ornamentais e impedindo novas demarcações de terras indígenas na área.
Em fevereiro de 2014, foi anunciado que Salvador vai ganhar um museu para abrigar obras de Frans Krajcberg, artista de origem polonesa, naturalizado e radicado em Nova Viçosa (BA). A notícia foi dada por ocasião da entrega de medalha em homenagem ao seu trabalho em defesa do meio ambiente e dos direitos humanos. O artista ainda será homenageado na Bienal da Bahia, prevista para maio de 2014.

A imagem a seguir retrata uma de suas obras mais famosas, Flor do Mangue (12x8x5 m de altura), construída em 1965 a partir de resíduos de árvores de manguezais destruídos pela especulação imobiliária.
 
 
Com base nas informações dadas e na imagem, analise as afirmativas a seguir.

I. No trabalho de Krajcberg, as dimensões estética e ética (ecológica e política) estão associadas, na medida em que o autor usa suas esculturas como uma oportunidade de reinventar artisticamente a natureza e denunciar sua crescente degradação.

II. Frans Krajcberg, em suas obras, retrata a paisagem brasileira, conferindo um valor estético ao patrimônio natural que ele representa de forma realista, em uma cena natural.

III. O artista reutiliza a vegetação rizomática dos manguezais em suas esculturas, instaladas em espaços expositivos ao ar livre, como a praia da foto, enfatizando o seu pertencimento à corrente do Realismo no Brasil.

Assinale:
Várias foram as propostas de alteração no quadro territorial das unidades da Federação desde o período colonial. A mais conhecida é a da mudança da capital nacional para o interior, efetivada em 1960 com a inauguração de Brasília e a instauração do novo Distrito Federal. Considerando esse assunto e aspectos a ele relacionados, julgue o item a seguir, acerca do território brasileiro e sua atual estrutura político-administrativa.
 
Considerados os objetivos das políticas públicas e as análises das condições de vida da população, o Brasil está dividido em cinco regiões oficiais: Cerrado, Pampa, Caatinga, Amazônia e Mata Atlântica.
Leia o texto a seguir.

“Quando cumpri minha atribuição de nomear a Comissão da Verdade, convidei mulheres e homens com uma biografia de identificação com a democracia e aversão aos abusos do Estado. Convidei, sobretudo, mulheres e homens inteligentes, maduros e com capacidade de liderar o esforço da sociedade brasileira em busca da verdade histórica, da pacificação e da conciliação nacionais. O país reconhecerá nesse grupo, não tenho dúvidas, brasileiros que se notabilizaram pelo espírito democrático e pela rejeição à confrontos inúteis ou gestos de revanchismo.”

Disponível em: <http://www2.planalto.gov.br/acompanhe-o-planalto/discursos/discursos-da-presidenta/
discurso-da-presidenta-da-republica-dilma-rousseff-na-cerimonia-de-instalacao-da-comissao-da-verdade-brasilia-df>. Acesso em: 08 out. 2015.

Esse texto compõe um trecho do discurso da presidente Dilma Rousseff em 16 de maio de 2012, quando ela anunciava a criação da Comissão Nacional da Verdade.

Assinale a alternativa que apresenta, de forma CORRETA, o principal objetivo da Comissão da Verdade.