Filtrar por:

Os seus filtros aparecerão aqui.

Foi encontrada 748 questões

Segurança do medo
 
            A síndrome de Nova Iorque, 11 de setembro, projetou-se sobre Atenas, agosto, sexta-feira, 13, data da abertura dos 28.º Jogos Olímpicos. De tal forma que os gastos de 1,2 bilhão de euros (cerca de R$ 4,8 bilhões) são a maior quantia já investida em segurança na história da competição. O dinheiro foi aplicado em um poderoso esquema para evitar ataques terroristas, como ocorreu nos Jogos de Munique, em 1972, quando palestinos da organização Setembro Negro invadiram a Vila Olímpica e mataram dois atletas israelenses. Do esquema grego, montado em colaboração com sete países - Estados Unidos da América (EUA), Austrália, Alemanha, Inglaterra, Israel, Espanha e Canadá -, faz parte o sistema de navegação por satélite da Agência Espacial Européia. Da terra, ar e água, 70 mil policiais, bombeiros, guarda costeira e mergulhadores da Marinha vão zelar pela segurança. Até a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) emprestará sua experiência militar no combate ao terrorismo.
 
Correio Braziliense, 7/8/2004, "Guia das Olimpíadas", p. 3 (com adaptações).

A respeito do texto acima e considerando as informações e os múltiplos aspectos do tema que ele focaliza, julgue o item que se segue.
 
A edição de 2004 das Olimpíadas, sediadas na Grécia, berço desses jogos, reafirma uma tendência consolidada nas últimas décadas do século XX, qual seja, a crescente interseção entre competições desportivas e interesses econômico-financeiros, realidade também visível nos diversos setores da cultura, como os da música popular e do cinema.
Leia a seguinte crítica sobre uma das maiores produções do cinema brasileiro e assinale a alternativa que indica o título do filme a que se faz referência.

“O filme está entre as produções brasileiras que obtiveram maior repercussão internacional. Em 1999, concorreu ao Oscar de melhor produção estrangeira, mas acabou perdendo para o italiano ‘A Vida é Bela’. O filme narra a história de Dora, uma professora aposentada, interpretada por Fernanda Montenegro, que trabalha escrevendo cartas para analfabetos numa estação de trens no Rio de Janeiro. Uma das clientes de Dora é Ana, que deseja escrever uma carta com seu filho, Josué, um garoto de nove anos que sonha encontrar o pai que nunca conheceu. Na saída da estação, Ana é atropelada, e Josué fica abandonado. Mesmo a contragosto, Dora acaba acolhendo o menino e acaba levando-o para o interior do Nordeste, à procura do pai. Durante a viagem, ambos se aproximam e formam um forte laço de amizade”.

(Plano Crítico, 03/04/13, com adaptações).

O Museu Nacional, localizado no Rio de Janeiro e cujo incêndio recentemente causou graves danos ao patrimônio cultural do país, foi criado por
Todo ano acontece a festa de entrega do Oscar, premiação para as produções cinematográficas. Em 2018, o vencedor de Melhor Filme foi
Pintor, escultor e serigrafista brasileiro radicado nos Estados Unidos, seu trabalho combina elementos de cubismo, pop art e grafite. A descrição se refere a