Anatomia da Cavidade Pulpar e Topografia do Perápice

            A sensação consciente da dor é produto de estímulos com origens somáticas, neuropáticas e fatores psicogênicos. Individual e com características especiais, pode sofrer influências do meio em que se vive, da cultura local e até espiritual. Marcadamente subjetiva, a interpretação quantitativa do desconforto, a tolerância do paciente e suas reações dificultam o controle e o diagnóstico preciso do problema.

C. Estrela. Dor odontogênica, 2001 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue o item seguinte, relativosà dor pulpar e à anatomia do òrgão pulpar.

Essa dor é conseqüência da estimulação das terminações nervosas livres nos nociceptores aferentes primários intrapulpares.

            A sensação consciente da dor é produto de estímulos com origens somáticas, neuropáticas e fatores psicogênicos. Individual e com características especiais, pode sofrer influências do meio em que se vive, da cultura local e até espiritual. Marcadamente subjetiva, a interpretação quantitativa do desconforto, a tolerância do paciente e suas reações dificultam o controle e o diagnóstico preciso do problema.

C. Estrela. Dor odontogênica, 2001 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue o item seguinte, relativosà dor pulpar e à anatomia do òrgão pulpar.

Fibras do tipo A-delta (amielínicas) e do tipo C (mielínicas) são representantes nervosos distribuídos no órgão pulpar.

            A sensação consciente da dor é produto de estímulos com origens somáticas, neuropáticas e fatores psicogênicos. Individual e com características especiais, pode sofrer influências do meio em que se vive, da cultura local e até espiritual. Marcadamente subjetiva, a interpretação quantitativa do desconforto, a tolerância do paciente e suas reações dificultam o controle e o diagnóstico preciso do problema.

C. Estrela. Dor odontogênica, 2001 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue o item seguinte, relativosà dor pulpar e à anatomia do òrgão pulpar.

Esse tipo de dor pode ser classificada em somática, profunda e visceral.

            A sensação consciente da dor é produto de estímulos com origens somáticas, neuropáticas e fatores psicogênicos. Individual e com características especiais, pode sofrer influências do meio em que se vive, da cultura local e até espiritual. Marcadamente subjetiva, a interpretação quantitativa do desconforto, a tolerância do paciente e suas reações dificultam o controle e o diagnóstico preciso do problema.

C. Estrela. Dor odontogênica, 2001 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue o item seguinte, relativosà dor pulpar e à anatomia do òrgão pulpar.

O corpo celular do neurônio que inerva a polpa dentária localiza-se no gânglio trigeminal, o que justifica a sensibilidade pulpar ao estímulo direto mesmo após a necrose da mesma.
No que concerne às características da polpa dental, julgue o seguinte item.

O fluxo sanguíneo pouco significativo ao órgão pulpar (de 10 mL/minuto/100 g a 20 mL/minuto/100 g) propicia baixa pressão interna devido a sua anatomia.