Alterações Pulpares e Periapicais
Quanto às polpas hiperreativas e sintomáticas, pode-se dizer que há, no primeiro caso e no segundo, respectivamente:


Acerca da histopatologia da polpa dental, julgue o item a seguir.

Nos pacientes com pulpite reversível, a polpa geralmente demonstra hiperemia, edema e infiltrado celular inflamatório crônico.

            Paciente do sexo masculino, com 45 anos de idade, procurou atendimento odontológico apresentando como queixa principal dor na região dos incisivos central e lateral direito superior acompanhada de pequeno aumento de volume e presença de pequena bolha na mucosa da região correspondente à raiz dos dentes. O exame clínico mostrou coroas metalocerâmicas com sobrecontorno, fístula, edema e hiperplasia gengival na região dos incisivos superiores do lado direito. O exame radiográfico revelou excessos proximais das coroas metalocerâmicas, alargamento do espaço pericementário nos dentes 21 e 22, área radiolúcida difusa na região periapical do dente 22.

Julgue o item subseqüente acerca do caso clínico descrito.

O provável diagnóstico é abscesso periapical no dente 22 e o tratamento endodôntico se faz necessário imediatamente.

            Paciente do sexo masculino, com 45 anos de idade, procurou atendimento odontológico apresentando como queixa principal dor na região dos incisivos central e lateral direito superior acompanhada de pequeno aumento de volume e presença de pequena bolha na mucosa da região correspondente à raiz dos dentes. O exame clínico mostrou coroas metalocerâmicas com sobrecontorno, fístula, edema e hiperplasia gengival na região dos incisivos superiores do lado direito. O exame radiográfico revelou excessos proximais das coroas metalocerâmicas, alargamento do espaço pericementário nos dentes 21 e 22, área radiolúcida difusa na região periapical do dente 22.

Julgue o item subseqüente acerca do caso clínico descrito.

É necessário fazer o teste de vitalidade pulpar do dente 21 para decidir se já há necessidade de terapia endodôntica.

            Um paciente chegou ao consultório queixando-se de desconforto ao mascar chicletes, tomar água gelada e ao colocar doce na boca em contato com o dente 46. A dor era do tipo alfinetada e desaparecia rapidamente. Esse incômodo era sentido há vários meses. No exame radiológico, observaram-se estruturas de suporte normais e coroa com restauração antiga, do tipo MOD, sem alterações.

Com base no caso clínico acima descrito, julgue o item a seguir.

A movimentação de fluido nos túbulos dentinários é o evento básico na estimulação da dor e deve ser considerada para explicar a queixa principal do referido paciente. Nesse sentido, o movimento de fluido para dentro dos túbulos produz maior sensibilidade do que o movimento para fora.