Algoritmos de Criptografia
Analise as seguintes afirmações relacionadas a conceitos básicos de criptografia e segurança da informação:
 
I. Para encriptar um texto simples de 131 bytes com um algoritmo que usa blocos de 16 bytes, ao chegar no nono bloco o algoritmo irá complementar a informação com mais 13 bytes extras para só então encriptá-lo. No momento de decriptá-lo, esses 13 bytes extras devem ser identificados e ignorados.

II. Com o algoritmo RSA os dados encriptados pela chave pública podem ser decriptados apenas pela chave privada equivalente.

III. Privacidade é o conceito que indica que ninguém pode invadir seus arquivos e ler os dados sigilosos, enquanto integridade é um conceito relacionado à imposição legal que orienta e impele as pessoas a honrar as suas palavras.

IV. Na criptografia de chave simétrica a chave que é utilizada para criptografar os dados é a mesma chave que é utilizada para decriptá-los. A segurança nestes casos está no uso de dois algoritmos diferentes: um para criptografar e outro para decriptar. Por exemplo, ao se usar o algoritmo DES (Digital Encryption Standard) para criptografar deve-se, com a mesma chave, usar o algoritmo AES (Advanced Encryption Standard) para decriptar.

Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras.
Na rede de computadores de uma organização pública brasileira com diversos ativos, como, por exemplo, switches, roteadores, firewalls, estações de trabalho, hosts servidores de aplicação web, servidores de bancos de dados, é comum a ocorrência de ataques e de outros incidentes que comprometem a segurança de seus sistemas. Nessa organização, a definição de políticas e metodologias adequadas para se lidar com esse tipo de problema cabe ao departamento de TI.

A partir da situação apresentada acima, julgue os itens relativos à segurança da informação.

Caso a rede de computadores dessa organização utilize o algoritmo DES (data encryption standard) e os administradores dessa rede decidam empregar a técnica conhecida como whitening, com o objetivo de reduzir as vulnerabilidades de um dos sistemas criptográficos empregados na rede, haverá um acréscimo de bits à chave criptográfica original, reduzindo as chances de sucesso de uma eventual criptoanálise desse sistema.
Na rede de computadores de uma organização pública brasileira com diversos ativos, como, por exemplo, switches, roteadores, firewalls, estações de trabalho, hosts servidores de aplicação web, servidores de bancos de dados, é comum a ocorrência de ataques e de outros incidentes que comprometem a segurança de seus sistemas. Nessa organização, a definição de políticas e metodologias adequadas para se lidar com esse tipo de problema cabe ao departamento de TI.

A partir da situação apresentada acima, julgue os itens relativos à segurança da informação.

Se, para a troca de mensagens seguras na rede de computadores da organização citada, seus vários dispositivos móveis empregarem sistemas baseados no algoritmo criptográfico 3DES (DES triplo) e os vários dispositivos não-móveis utilizarem sistemas baseados no algoritmo simples DES, a superação da diferença entre os algoritmos criptográficos empregados pelos sistemas de troca de mensagens seguras usados por dispositivos móveis e não-móveis dessa rede pode ser feita pelo administrador por meio da definição K1 = K2 = K3 = K, em que K1, K2 e K3 são as três chaves usadas no 3DES e K é a chave usada no simples DES e compartilhada entre dois dispositivos quaisquer das duas categorias mencionadas.
Na rede de computadores de uma organização pública brasileira com diversos ativos, como, por exemplo, switches, roteadores, firewalls, estações de trabalho, hosts servidores de aplicação web, servidores de bancos de dados, é comum a ocorrência de ataques e de outros incidentes que comprometem a segurança de seus sistemas. Nessa organização, a definição de políticas e metodologias adequadas para se lidar com esse tipo de problema cabe ao departamento de TI.

A partir da situação apresentada acima, julgue os itens relativos à segurança da informação.

Caso os computadores da rede da organização em apreço, empregando sistemas baseados no algoritmo RSA, troquem mensagens com computadores localizados na Internet, é correto afirmar que a segurança obtida baseia-se na premissa de que é atualmente difícil fatorar números grandes e de que a criptografia empregada suporta as características de nãorepúdio e autenticidade de pelo menos uma das partes da comunicação.
Neste sentido, o novo modelo estrutural aqui preconizado possibilita uma melhor visão global dos níveis de motivação departamental. Todavia, a consulta aos diversos militantes facilita a criação das condições inegavelmente apropriadas.