Aeronautas
Do mesmo modo, a constante divulgação das informações deve passar por modificações independentemente do processo de comunicação como um todo. Pensando mais a longo prazo, a determinação clara de objetivos desafia a capacidade de equalização do fluxo de informações. É claro que a expansão dos mercados mundiais pode nos levar a considerar a reestruturação das regras de conduta normativas. Todavia, o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos exige a precisão e a definição do levantamento das variáveis envolvidas.
É importante questionar o quanto a estrutura atual da organização não pode mais se dissociar das novas proposições. Do mesmo modo, a percepção das dificuldades possibilita uma melhor visão global das diversas correntes de pensamento.
Nos termos da lei, regem a duração da jornada especial de trabalho do aeronauta as seguintes regras, exceto:
Acerca das normas que regem as profissões do aeroviário e do aeronauta, julgue os itens a seguir.

I O comandante de aeronave é considerado preposto do proprietário ou do explorador da mesma, durante a viagem.

II A licença específica para atuar em função remunerada a bordo de aeronaves nacionais, emitida pelo Ministério da Aeronáutica, será reservada a brasileiros natos.

III Aeroviário é o profissional que exerce função remunerada a bordo de aeronave, como o comissário.

IV O tripulante, auxiliar do comandante, encarregado da navegação da aeronave é o mecânico de vôo.
 
A quantidade de itens certos é igual a

Acerca do exercício da profissão de Aeronauta, analise os itens seguintes e assinale a opção correta:

 

I - Consideram-se tripulantes os operadores de equipamentos especiais instalados em aeronaves homologadas para serviços aéreos especializados, devidamente autorizados pelo Ministério da Aeronáutica.

 

II - A escala de trabalho deverá observar, como princípio, a utilização do aeronauta em regime de rodízio e em turnos compatíveis com a higiene e segurança do trabalho.

 

III - São assegurados ao tripulante, fora de sua base domiciliar, acomodações para seu repouso, transporte ou ressarcimento deste, entre o aeroporto e o local de repouso e vice-versa.

 

IV - Quando ocorrer o cruzamento de três ou mais fusos horários em um dos sentidos da viagem, o tripulante terá, na sua base domiciliar, o repouso acrescido de 2 (duas) horas por fuso cruzado.